Por que propor campanha de prevenção ao coronavírus para as mulheres?
Opinião

Por que propor campanha de prevenção ao coronavírus para as mulheres?

Tania Tait


Na cidade de Maringá, de acordo com os dados fornecidos pela Secretaria de Saúde estão morrendo mais homens do que mulheres pelo COVI-10. No entanto, as mesmas estatísticas apresentadas indicam que as mulheres estão sendo mais contaminadas pelo novo coronavírus.

Diante desse cenário, a ong Associação Maria do Ingá Direitos da Mulher analisou a situação e os dados. Na análise, discutiu-se a presença da mulher na cidade, a qual conta uma rede de comércio e de fábricas de confecção de roupas de âmbito regional tanto com relação às vendas como no emprego de mulheres, em sua maioria.

Além disso, nas áreas de saúde e dos serviços domésticos, as mulheres são, também, a maioria das trabalhadoras, executando as atividades em um ou mais empregos.

Outro fator analisado relaciona-se a movimentação econômica protagonizada pelas mulheres tanto no comércio local nos bairros como no centro da cidade, quando se deslocam para aquisição de produtos e serviços.

Para completar esse cenário, surge a mobilidade das mulheres, em sua maioria, usuárias do transporte coletivo. Assim, as mulheres circulam tanto no ambiente público como no ambiente doméstico.

No ambiente doméstico, as mulheres, são as que, normalmente, gerenciam e realizam as atividades da casa, na realização das tarefas, no cuidado das crianças, dos idosos e dos doentes das famílias.

Todo esse conjunto de fatores leva a maior exposição por parte das mulheres ao coronavírus, o que mostra a necessidade de que seja realizada uma campanha de prevenção voltada para as mulheres.

Em face do exposto, a Ong Maria do Ingá protocolou documento junto à Prefeitura de Maringá solicitando que seja realizada uma campanha de prevenção e conscientização específica para as mulheres no sentido de reduzir a contaminação e a proliferação do coronavírus – Covid-19.

Esperamos que a solicitação da entidade seja atendida com valorização para a importância do trabalho e da presença da mulher na cidade.

Tania Tait é professora, escritora, doutora em Engenharia de Produção (USFC) com pós-doutorado em História das Mulheres e autora de diversos livros, dentre eles, o livro “As Mulheres na Luta Política”

Recomendadas pra você
Opinião

Dados da violência mostram a cara do Brasil

Tania Tait A apresentação dos dados sobre violência na 14ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostra que a violência no…
Opinião

O processo eleitoral, o coronavírus e as mídias digitais

Tania Tait Desde o final dos anos 1980 ocorre processo eleitoral contínuo no Brasil. A cada dois anos tem-se eleições municipais ou…
Opinião

Observações sob um sol de 40 graus

Tania Tait Além da temperatura altíssima e das estatísticas sobre o conoravírus, outras coisas estão acontecendo em Maringá. Sob um sol escaldante,…