Deixassem Thammy em paz
Opinião

Cuidem das suas vidas, deixem Thammy em paz

Margot Jung


Thammy Gretchen é um homen trans. Ele é pai de um menino. O filho foi gerado com material genético de Thammy e da esposa. Quem ficou grávida foi a esposa.

Desde que assumiu sua homossexualidade e depois a transexualidade, Thammy foi alvo de todas as formas de preconceito. Desde as mais sutis e disfarçadas, até às mais cruéis e escancaradas. São anos de exposição e agressividade em todas as mídias e redes sociais.

Esta semana, os holofotes estão sobre ele novamente. A Natura exibe imagens de Thammy com o filho, em um comercial homenagem ao dia dos pais.

Sou contra comemorações de dia dos pais por uma série de fatores. Assim como sou contra dia das mães, dia dos namorados, dia das crianças etc, por se tratarem de datas comerciais, inventadas pelo capital para fazer as pessoas gastarem dinheiro.

Thammy é pai, homem, paga impostos e tem todo direito à liberdade outorgada pela constituição federal do Brasil. Seria muito bom se as pessoas se preocupassem mais com suas vidas e deixassem de se preocupar com a sexualidade alheia. E, sobretudo, deixassem Thammy em paz, com sua linda esposa, seu lindo filho e todos os outros filhos que vierem. Ninguém tem nada a ver com isso. Cuidem das suas vidas.


Margot Jung é presidente da Associação Maringaense Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Transgêneros.

Recomendadas pra você
Opinião

Dados da violência mostram a cara do Brasil

Tania Tait A apresentação dos dados sobre violência na 14ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostra que a violência no…
Opinião

O processo eleitoral, o coronavírus e as mídias digitais

Tania Tait Desde o final dos anos 1980 ocorre processo eleitoral contínuo no Brasil. A cada dois anos tem-se eleições municipais ou…
Opinião

Observações sob um sol de 40 graus

Tania Tait Além da temperatura altíssima e das estatísticas sobre o conoravírus, outras coisas estão acontecendo em Maringá. Sob um sol escaldante,…